Cardiovascular

CARDIOVASCULAR

OS NÚMEROS DO CORAÇÃO

As doenças cardiovasculares são a maior causa de mortes no mundo, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), e responsáveis por 24% da mortalidade – o equivalente a mais de 14 milhões de pessoas a cada ano. No Brasil, segundo a Sociedade Brasileira de Cardiologia, as doenças cardiovasculares também são a principal causa de morte, representando 29% dos óbitos. É o equivalente a uma morte a cada 40 segundos, acometendo mais de 300 mil brasileiros por ano.

O tratamento das doenças do coração se beneficiou expressivamente com o progresso da ciência nos últimos 50 anos. Do diagnóstico mais preciso ao tratamento mais individualizado, e cada vez menos invasivo, a cardiologia avançou a passos largos para uma medicina mais preventiva.

Mas, se hoje já somos capazes de entender melhor o que acontece com nosso coração, temos de reconhecer que ainda fazemos muito pouco por ele. Empurrados por uma rotina intensa, mergulhados nas preocupações da tal vida moderna e reféns de hábitos nadas saudáveis, muitos se surpreendem quando recebem a notícia de que aquela respiração ofegante depois de subir poucos lances de escada pode não ser só o cansaço e que a sensação de aperto no peito dos últimos tempos não é apenas estresse, é o coração nos avisando que algo não vai bem.

Para entender mais sobre as doenças cardiovasculares e ter acesso a conteúdo exclusivo sobre qualidade de vida e bem-estar, faça o cadastro no Programa Viva.

Referências:
Colesterol e doenças cardiovasculares: doses de conhecimento e inovação. Produção editorial: Comunicação Corporativa da Sanofi, São Paulo, 2016.

Comida que cuida – Receitas e histórias para você fazer as pazes com seu coração. Produção editorial: Diretoria de Sanofi-Aventis, São Paulo, 2008.